segunda-feira, 14 junho 2021
  • Início

Fernando Alves é o mandatário Concelhio da Marinha Grande

198686495 4420807181271785 5171095643681254913 n

A Coordenadora Distrital de Leiria da Coligação Democrática Unitária informa que decidiu nomear como Mandatário Concelhio da Marinha Grande, Fernando Alves, desportista, treinador, fundador do Clube de Atletismo da Marinha Grande, um dos mais destacados dirigentes associativos na área desportiva e cultural do concelho da Marinha Grande, recentemente agraciado com o Galardão “Valor e Exemplo” da Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto.

Notas biográficas de Fernando Alves:

Casado, 76 anos.
Reformado. Foi Fresador da Indústria de Moldes e posteriormente Chefe de Divisão da Fábrica de Vidros Crisal da Marinha Grande.
Foi treinador de atletismo do Atlético clube Marinhense.
Foi fundador em 1987 e treinador durante décadas, do Clube de Atletismo da Marinha Grande, do qual continua a ser dirigente.
Foi presidente do Sport Lisboa e Marinha.
É dirigente desde há largos anos, da Associação de Atletismo de Leiria.
Foi eleito na Assembleia Municipal da Marinha Grande durante vários mandatos até 2017.
Foi membro do Executivo da Junta de Freguesia da Marinha Grande durante o actual mandato.
Recebeu em 2021 o galardão “Valor e Exemplo” da Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Deporto.

Imprimir Email

Luís Guerra Marques é o cabeça de lista da CDU à Assembleia Municipal da Marinha Grande

197518297 4420681914617645 7139802967299068642 n

A Coordenadora Distrital de Leiria da Coligação Democrática Unitária informa que Luís Guerra Marques, Economista, Revisor Oficial de Contas e actual Presidente da Assembleia Municipal da Marinha Grande, é o Cabeça de Lista da CDU a este órgão autárquico do Concelho da Marinha Grande. A decisão da recandidatura de Luís Guerra Marques ao cargo de Presidente da Assembleia Municipal é a aposta num experiente e reconhecido autarca deste Concelho, uma personalidade com forte e constante intervenção cívica e política em variadas áreas, respeitado inclusive pelos seus adversários políticos.

Notas biográficas de Luís Guerra Marques:

75 Anos, Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Contabilista Certificado.
Revisor Oficial de Contas.
Iniciou a sua actividade profissional aos 13 anos de idade, na fábrica de Vidros IVIMA, onde integrou a 1ª Comissão de trabalhadores desta empresa. Deixou a mesma em 1986, onde acumulava as funções de Director Financeiro com as de Membro da Comissão Executiva de Gestão.
Em 1982, foi nomeado administrador, por delegação dos credores, da firma Carlos Ceia Simões, Lda., então a braços com uma situação de pré-falência, tendo conduzido a Empresa durante 3 anos e apresentado em tribunal uma proposta de viabilização da mesma que foi aceite em tribunal em 1985, evitando o seu encerramento.
Colaborou com o MIE e com o IAPMEI, na primeira tentativa de reestruturação do sector de Cristalaria, funcionando muitas vezes como consultor daquelas entidades para a elaboração de estudos e para a tomada de decisões sobre esse processo.
Em 1986 deixa a IVIMA e ingressa na Gaplas, Lda., empresa produtora de materiais Termoplásticos sedeada em Leiria, onde passa a desempenhar as funções de Director Financeiro, passando a dedicar-se em paralelo a funções de consultor económico e financeiro em outras Empresas.
Em 1988, após ter tido aproveitamento no Curso para Revisor Oficial de Contas, passa a dedicar-se a esta actividade a tempo inteiro, em acumulação com a de consultor, montando escritório próprio na Marinha Grande.
Actualmente, como Revisor Oficial de Contas, é sócio-gerente da sociedade MARQUES, CRUZ & ASSOCIADO, SROC, Lda.
É membro do Conselho Superior da Ordem dos Revisores Oficiai de Contas. Tem participado como conferencista convidado em colóquios e conferências de temáticas ligadas à contabilidade, à economia e à gestão.
Pertence aos quadros directivos de várias associações Culturais e Desportivas do Concelho da Marinha Grande.
Foi fundador e 1º Presidente da Confraria da Sopa do Vidreiro, ocupando actualmente a Presidência da Assembleia Geral.
É membro da Comissão de Utentes SAP24 da Marinha Grande (Comissão de Utentes do Centro de Saúde da Marinha Grande).
Foi eleito desde 1989 em sucessivos mandatos na Assembleia Municipal da Marinha Grande, com excepção do Mandato 2013/2017.
Foi Presidente da Assembleia Municipal, em 3 mandatos, de 2001 a 2009, cargo que voltou a assumir desde 2017 até hoje.
Publica regularmente artigos sobre diversos assuntos, com predominância dos temas económicos, financeiros e contabilísticos, nos órgãos de informação local, sendo solicitado frequentemente para intervir, nestas áreas, em conferências regionais e em rádios locais.

Imprimir Email

É necessário potenciar e concluir a modernização da Linha do Oeste

20779 tn pt 800px automotora tipo 0450 na linha do oeste wiki

O Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português apresentou anteontem, dia 7 de Junho, um Projecto de Resolução relativo à Linha do Oeste, mais concretamente à potencialização da sua modernização e eletrificação.

A iniciativa que deu entrada na Assembleia da República não pode ser desassociada da empenhada acção das populações, autarcas e associações cívicas – em particular da Comissão Para a Defesa da Linha do Oeste –, que ao longo dos últimos anos lutaram contra o encerramento da Linha Ferroviária do Oeste e pela sua modernização.

Como afirmou o PCP em comunicado a 25 de Outubro de 2020, “cada conquista na modernização da Linha do Oeste é fruto da luta!” A intervenção do PCP na Assembleia da República, bem ilustrada por este Projecto de Resolução, é também expressão desta batalha.

Aquando da aprovação pelo Tribunal de Contas da empreitada da modernização e electrificação do troço Meleças - Torres Vedras e da abertura do concurso público para a empreitada da obra do troço Torres Vedras - Caldas da Rainha e a inclusão, no PNI-2030, do projecto de electrificação do troço Caldas da Rainha – Louriçal, em Outubro do ano passado, a DORLEI do PCP alertou para a necessidade de “uma atenta intervenção no sentido de impedir atrasos ou retrocessos nas conquistas alcançadas, e de prosseguir a exigência da requalificação, electrificação e modernização de toda a linha”.

É nesse sentido que o Projecto de Resolução do Grupo Parlamentar do PCP inclui nos seus pontos não só a exigência da conclusão dos concursos e cumprimento dos prazos de execução do processo de modernização, mas também a reivindicação da remodelação de estações e apeadeiros; da criação de interfaces modais em Torres Vedras, Caldas da Rainha e Leiria; e a aplicação do PART em todo o percurso da Linha.

O Projecto de Resolução faz parte de um vasto conjunto de iniciativas e intervenções em variados planos que o PCP prometeu desenvolver até ser alcançado o objetivo final da modernização de toda a Linha do Oeste.

A presença do Partido na Assembleia da República – e também no Parlamento Europeu e nas Autarquias – é a mais sólida garantia de que os interesses da população de Leiria continuam a ser defendidos nos diversos órgãos políticos.

O Projecto de Resolução pode ser lido na íntegra aqui.

9 de Junho de 2021
A Direcção da Organização Regional de Leiria do
Partido Comunista Português

Imprimir Email

Sérgio Silva e Joana Cartaxo: 1.ºs Candidatos da CDU à Câmara e Assembleia Municipais de Leiria

196363213 4413159778703192 1684786968438326396 n

A Coordenadora Distrital de Leiria da Coligação Democrática Unitária informa que Sérgio Silva é 1.º candidato da lista da CDU – PCP/PEV à Câmara Municipal de Leiria e Joana Cartaxo a 1.ª candidata da lista da Coligação à Assembleia Municipal de Leiria.

A decisão da Coordenadora Distrital da CDU foi tomada na sequência de proposta da Coordenadora Concelhia de Leiria da coligação entre o PCP e o PEV, onde se incluem várias personalidades independentes, aprovada no passado dia 29 de Maio.

Sérgio Silva, um reconhecido técnico em matérias da gestão municipal, cidadão interventivo e conhecedor do concelho e da região de Leiria e com ininterrupta participação cívica no seio do movimento associativo local e na defesa dos interesses das populações, membro da Assembleia da União das Freguesias de Marrazes e Barosa, trará, se eleito, uma intervenção nova, democrática e qualificada – a da CDU – à Câmara Municipal de Leiria, colocando na agenda da discussão os interesses das populações, do desenvolvimento do território e dos trabalhadores.

A candidatura de Joana Cartaxo, micro empresária, independente, como 1.ª Candidata da Lista à Assembleia Municipal, para além de fazer jus ao carácter unitário das candidaturas, dá sequência à relevante intervenção desta activista sem filiação partidária na acção da CDU em defesa dos interesses das populações, do direito à igualdade da mulheres, do desenvolvimento do concelho, dos criadores artísticos, dos agentes desportivos, do movimento associativo, do ordenamento do território e das questões ambientais, de que é exemplo o seu activismo em causas como a defesa do Pinhal de Leiria e de outros recursos naturais da região.

A Coligação Democrática Unitária (PCP/PEV) define como seu desígnio central nestas eleições a verdadeira mudança de paradigma da gestão municipal que há décadas, nos sucessivos mandatos do PS, PSD e CDS, falha na verdadeira resposta a problemas e anseios da população do Concelho.

Nesse sentido a CDU assume como objectivos eleitorais: o reforço da votação na CDU no concelho de Leiria; o aumento de mandatos na Assembleia Municipal e na Assembleia da União de Freguesias de Marrazes e Barosa; a eleição de vereadores da CDU para a Câmara Municipal; e o reforço da CDU nas várias assembleias de freguesias/uniões de freguesias.

A CDU informa que irá realizar uma iniciativa de Apresentação Pública dos Candidatos à Presidência da Câmara e da Assembleia Municipal, no próximo dia 12 de Junho, Sábado, pelas 16:30 horas na Mata do Marrazes (junto à Sede do Rancho Folclórico da Região de Leiria).

Nesta iniciativa estarão presentes, para além dos Candidatos apresentados, Ângelo Alves, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, responsável pela Organização Regional de Leiria e Heloísa Apolónia, membro da Comissão Executiva Nacional do Partido Ecologista “Os Verdes”.

7 de Junho de 2021
A Coordenação Distrital de Leiria da
Coligação Democrática Unitária

 

------------------------------------------------------------
NOTAS BIOGRÁFICAS DE SÉRGIO SILVA

61 anos, natural de Marrazes, Leiria
Licenciado em Economia.
É técnico superior na administração local desde Junho de 1985 e consultor.
Exerceu funções de Chefe da Divisão Administrativa e Financeira no Município da Marinha Grande e de Director do Departamento de Administração Geral e do Departamento Administrativo e Financeiro no Município de Leiria.
Nestes dois municípios teve sob a sua alçada a direcção técnica de processos de modernização administrativa e tecnológica, da desburocratização e dos co-financiamentos dos fundos europeus, designadamente do FEDER e FSE.
Participou no grupo de trabalho da Associação Nacional de Municípios Portugueses para a elaboração de um código autárquico.
Participou junto da Associação Nacional de Municípios Portugueses com contributos no âmbito da intervenção desta entidade no processo de reforma da tributação do património (códigos do IMI e IMT), bem como no âmbito da intervenção desta entidade no processo de revisão da lei das finanças locais e do regime jurídico do sector empresarial local (2006).
No Município de Leiria foi responsável técnico pela elaboração do primeiro Plano de Prevenção da Corrupção e da primeira Norma de Controlo Interno.
Foi cabeça-de-lista pela CDU à Câmara Municipal de Leiria nas eleições autárquicas de 1993 e 1997.
É membro da Assembleia da União das Freguesias de Marrazes e Barosa.
Fez parte dos núcleos fundadores do Centro de Juventude de Marrazes e do Agrupamento de Marrazes do Corpo Nacional de Escutas.
Foi secretário da Mesa da Assembleia Geral da ATAM – Associação dos Técnicos Administrativos Municipais e do TE-ATO – Grupo de Teatro de Leiria.
Foi Presidente da Mesa da Assembleia Geral das Obras Sociais do Pessoal da Câmara Municipal de Leiria.
É Presidente da Mesa da Assembleia Geral da AMITEI – Associação de Solidariedade Social de Marrazes.
Foi Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância, Escola do 1.º CEB e EB 2/3 de Marrazes.
Foi Presidente da Assembleia Geral e é actualmente Presidente do Conselho Fiscal do Sport Clube Leiria e Marrazes.
É sócio da Filarmónica de Santiago de Marrazes, da Liga Social e Cultural Campos do Lis e da ADLEI – Associação para o Desenvolvimento de Leiria.
É membro da Comissão Concelhia de Leiria do PCP
É membro da Direcção da Organização Regional de Leiria do PCP e do seu Executivo.

-------------------------------------------------

NOTAS BIOGRÁFICAS DE JOANA CARTAXO

Empresária, 45 anos, reside em Leiria de onde é natural
É membro da Assembleia Municipal de Leiria em representação da CDU desde 2019.
Estudou em Leiria em estabelecimentos de ensino público até à conclusão do ensino secundário e frequentou o Ensino Superior em Lisboa, onde se licenciou em Relações Públicas.
É mãe e empresária.
Iniciou a actividade profissional em 2001, tendo sido durante 14 anos trabalhadora por conta de outrem.
Após a sua maternidade, optou por trabalhar por conta própria.
É hoje sócia fundadora e gerente da sua própria empresa.
Foi membro da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola EB 1 e JI do Bairro dos Capuchos em Leiria.
É defensora empenhada de causas socioambientais. Foi membro fundador da Comissão Popular de Defesa da Mata Nacional de Leiria - “O Pinhal é nosso”.
É activista da luta das mulheres pela dignidade, a emancipação e a igualdade de direitos. Integra o Núcleo de Leiria e é membro da Direcção Nacional do MDM – Movimento Democrático de Mulheres, a que pertence desde 2015.

Imprimir Email

João Delgado e Sara Vidal: 1ºs Candidatos da CDU à Câmara e Assembleia Municipais da Nazaré

190121612 4375332615819242 3270533310004009231 n

A Coordenação Distrital de Leiria da Coligação Democrática Unitária informa João Delgado, é o Candidato da CDU à Presidência da Câmara Municipal da Nazaré e que Sara Vidal é a Cabeça de Lista à Assembleia Municipal da Nazaré.

A decisão da Coordenadora Distrital da CDU foi tomada após deliberação nos órgãos concelhios da CDU e de uma auscultação a vários independentes que integram a Coligação.

A indicação do Pescador/Formador João Delgado, dirigente local e regional do PCP, como Candidato à presidência da Câmara Municipal da Nazaré, visa dar corpo à intensa e qualificada intervenção do PCP e da CDU no Concelho da Nazaré, nomeadamente na Assembleia Municipal onde João Delgado é actualmente eleito.

Uma intervenção pautada por uma grande abertura materializada no trabalho com muitos independentes que integram as listas da CDU, confirmando a Coligação como o mais importante espaço de unidade de democratas com várias origens, percursos e opções, verdadeiramente progressista.

A candidatura de Sara Vidal, Música, Independente, como 1º Candidata da Lista à Assembleia Municipal, é   assim a confirmação do carácter unitário da Coligação e do papel que os activistas sem filiação partidária têm na acção da CDU na defesa dos interesses dos trabalhadores, dos pescadores, dos agricultores, dos artistas, dos jovens, do movimento associativo popular, dos reformados e pensionistas e das demais populações do Concelho da Nazaré.

Passados 4 anos das últimas eleições autárquicas a inércia ou acomodação da generalidade das forças políticas representadas na Câmara e Assembleia Municipal e a sua falta de ligação aos problemas reais do concelho, contrastam com a permanente e qualificada intervenção da CDU nos órgãos autárquicos, força que nunca desistiu de fazer chegar, cada vez com mais força e representação, às instituições do Concelho os inúmeros problemas dos trabalhadores, dos pescadores e dos agricultores, dos trabalhadores da Cultura, das micros e pequenas e médias empresas do Concelho do Concelho de quem o executivo PS na CMN se divorciou.

Afirmando-se pronta para assumir as mais altas responsabilidades que a população lhe queira atribuir, a CDU assume assim, e como objectivo central, o seu merecido reforço em votos e em percentagem, e a eleição de mais representantes da CDU para a Assembleia Municipal e a urgente e necessária eleição de vereadores para a Câmara Municipal.

A CDU informa que irá realizar uma iniciativa de Apresentação Pública dos Candidatos à Presidência da Câmara e da Assembleia Municipal, no próximo dia 29 de Maio, (Sábado) pelas 17:30 horas no Parque da Pedralva (Nazaré) que além dos Candidatos, contará com a presença de Ângelo Alves, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, responsável pela Organização Regional de Leiria.

-------------------------------------------------------------------------------

Notas biográficas de João Paulo Quinzico Delgado:

Natural da Nazaré, 43 anos.
Marítimo/Pescador; Formador; Artista Plástico; investigador em Ciências Sociais.
Membro da Assembleia Municipal da Nazaré entre 2001 e 2008 e de 2017 até hoje.
Exerce actualmente funções de Administrador Executivo, na qualidade de Presidente do Conselho de Administração, da Cooperativa Mútua dos Pescadores, da qual foi director estatutário entre 2004 e 2016.
Entre 2004 e 2016, desempenhou a profissão de pescador e mestre-pescador em embarcações de pesca local e costeira.
Desde 2009 que é formador nas áreas da Marinharia e Tecnologia da Pesca no centro de formação das pescas e do mar – FOR-MAR.
Pontualmente, concebe obras artísticas e literárias e desenvolve projectos de natureza cultural.
Doutorando em Sociologia: Relações de Trabalho, Desigualdades Sociais e Sindicalismo, encontrando-se a desenvolver a redacção da fase final da Tese de Doutoramento, sobre “As transformações do sector da Pesca em Portugal: o caso da comunidade piscatória da Nazaré”.
Especialista em Relações de Trabalho, Desigualdades sociais e Sindicalismo Pós-Graduado em Economia Social: Mutualismo, Cooperativismo e Solidariedade.
Licenciado e Artes Plásticas – Escultura pela ESAD.CR.
Presidente da Direcção da FECUTCOOP – Federação Nacional das Cooperativas de Consumidores e Utentes, FCRL.
Presidente da Direcção Biblioteca da Nazaré - Colectividade Popular, e membro da sua direcção desde 2000.
Presidente da Assembleia Geral da Associação de Desenvolvimento de Peniche – (ADEP), em representação da Mútua dos Pescadores.
Presidente da Direcção da ACISN, em representação da Mútua dos Pescadores.
Membro do Conselho Consultivo das Águas do Sul – Órgão de Consulta da Comissão Europeia, em representação da Mútua dos Pescadores.
Membro do Conselho Consultivo para as Regiões Ultraperiféricas - Órgão de Consulta da Comissão Europeia, em representação da Mútua dos Pescadores.
Membro da Comissão Permanente de acompanhamento para a Segurança do Homem no mar, em representação da Mútua dos Pescadores.
Coordenador do grupo de trabalho de fomento Cooperativo da Mútua dos Pescadores; Membro do conselho editorial da revista “Marés” da Mútua dos Pescadores; Fundador em 2013 da Associação de Pais do Agrupamentos de Escolas da Nazaré.
Fundador e presidente entre 2008 e 2012 e entre 2014 e 2017 da Assembleia Geral da Associação Nazarena de Artes Plásticas.
Foi Vice-presidente do Grupo Desportivo “Os Nazarenos” em 2012. Foi Membro da Direcção da Associação de Defesa da Nazaré entre 2000 e 2005.


Notas biográficas de Sara Louraço Vidal Correia da Silva:

Natural da Nazaré, 41 anos, Música e Cantora.
Licenciada em História Moderna e Contemporânea, variante de gestão e animação de bens culturais, pelo ISCTE (1998 - 2002) e Master em Gestão de Bens Culturais pela Universidade da Corunha (2002 - 2004).
É fundadora da Casa do Adro - Associação Cultural e da Sons Vadios - Cooperativa Cultural, onde desempenha funções de gestão cultural.
De formação autodidacta, desde jovem que participou em diversos grupos corais e em formações pontuais de música tradicional.
Em 2005, na Galiza, integra como vocalista profissional o grupo Luar na Lubre, uma das bandas mais reconhecidas e internacionais da música galega, ao mesmo tempo que dá formação de canto tradicional e pandeireta galega.
Em 2011 regressa a Portugal, onde é convidada e colabora pontualmente com diversos grupos de música tradicional portuguesa, nomeadamente: Toques do Caramulo, Sebastião Antunes e a Quadrilha, Ronda dos Quatro Caminhos, O Baú, Grupo Origem, Mosca Tosca e José Medeiros.
Em 2012 dá impulso ao projecto Contracorrente, de homenagem à música de intervenção no seio da d'Orfeu Associação Cultural, que esteve em actividade até 2014.
Em 2013 foi convidada a participar no projecto europeu Folkmus - Folk Music in Museums, que consistia numa orquestra de jovens músicos de Portugal, Catalunha, Itália, Estónia e Grécia sobre músicas tradicionais de cada país.
Actualmente, desenvolve a sua actividade musical de forma regular nos grupos Espiral, A Presença das Formigas, Diabo a Sete, Cantos da Quaresma e Companhia do Canto Popular, todos no âmbito da música folk portuguesa.
O ano de 2020 marca a estreia em nome próprio, com a edição do primeiro disco “Matriz” a assinalar 15 anos de um percurso dedicado às músicas do mundo em geral e da tradicional portuguesa em particular.

Imprimir Email

Mais artigos...