segunda-feira, 14 outubro 2019

Comissões Concelhias

Nota de imprensa sobre Encerramento dos CTT em Pataias

Caras(os) alcobacenses,

Em 2018 a Administração dos CTT tornou público mais um pacote de medidas destinadas a garantir a distribuição de chorudos dividendos aos seus accionistas. Medidas que são consequência de um criminoso processo de privatização que o Governo PSD/CDS culminou, após longos anos de uma preparação que contou com o envolvimento do PS.

Anunciaram o despedimento de mais trabalhadores a venda de mais património e o encerramento de mais estações. Este pacote soma-se ao que estava já em curso, com a tentativa de despedimento de outros 340 trabalhadores na sequência de uma previsão de lucros para 2017 de «apenas» 19 milhões de euros. Entretanto, agrava-se o desinvestimento, a descapitalização, a sangria da empresa e do seu património, com a distribuição de dividendos aos accionistas muito acima dos lucros registados.

Neste âmbito a CDU vem demonstrar o seu repúdio pela decisão vinda a público de encerrar o balcão dos CTT em Pataias.

Estamos a assistir ao aprofundar do caminho desastroso aberto com a privatização dos CTT, com os grupos económicos que hoje controlam a empresa a descapitalizá-la, a alienar património, a degradar o serviço a níveis escandalosos.

Atrasar, empatar, ludibriar a questão de fundo que é a decisão sobre o controlo da empresa, é estar conivente com os interesses do grande capital. É essa a opção que o Governo PS tem de fazer.

É um imperativo nacional, de soberania, coesão territorial e justiça social, que se inicie o processo de recuperação do controlo e gestão do serviço postal universal por parte do Estado, através da reversão da privatização dos CTT-Correios de Portugal.

Chamamos ainda a vossa a atenção para o Dossier online que o PCP editou aquando da vinda a público das medidas referidas: http://www.pcp.pt/preciso-libertar-ctt-da-ruinosa-gestao-privada

Imprimir Email