Posições Políticas

PCP condena declarações da Directora Regional de Cultura do Centro

Imprimir
Criado em quinta, 08 março 2018, 21:23

entidade teatrodarainha estranho 02

Nota do Secretariado da Direcção Regional de Leiria do PCP

A DORLEI do PCP manifesta a sua indignação pelas declarações da Directora Regional de Cultura do Centro, Celeste Amaro, proferidas ontem na apresentação da programação do Leirena Teatro, elogiando a falta de apoios do Estado às artes, nomeadamente às artes performativas, com expressões que denotam um profundo desrespeito pelo conjunto dos artistas, companhias de teatro e outras estruturas artísticas que com inúmeras e enormes dificuldades desenvolvem esforços notáveis para promover a cultura, a sua fruição e produção.

As declarações da Directora Regional da Cultura são inaceitáveis a todos os níveis. Ao congratular-se com o facto de uma companhia de teatro conseguir apresentar uma programação sem quaisquer apoios do Estado, e ao referir que por isso “não incomodam a administração central” Celeste Amaro assume claramente a defesa da ausência de apoios do Estado às estruturas artísticas não profissionais.

As declarações de Celeste Amaro são ainda mais deploráveis quando desfere, por comparação, um ataque às companhias de teatro profissionais com tiradas incompatíveis com as suas responsabilidades políticas, e que irresponsavelmente iludem o facto de as companhias profissionais de teatro do Distrito de Leiria viverem enormes dificuldades resultantes do subfinanciamento e da burocracia.

A DORLEI do PCP informa que o Grupo Parlamentar do PCP irá entregar na Assembleia da República um requerimento para chamar Celeste Amaro à Comissão da Cultura da Assembleia da República para explicações sobre as suas declarações e confrontará o Ministro da Cultura com o conteúdo inaceitável das declarações da Directora Regional.

A DORLEI do PCP expressa o seu apoio e solidariedade aos artistas, companhias de teatro do Distrito de Leiria que, apesar do crónico subfinanciamento das artes, nomeadamente das arte performativas, desenvolvem um enorme e meritório esforço em defesa da cultura e reafirma a sua determinação em prosseguir a luta e intervenção política visando o necessário e urgente reforço do investimento do Estado na Cultura.

Marinha Grande

08 de Março de 2018